Sanitop - Material Sanitário, Lda

Piscinas - Equipamento e Manutenção


Equipamento e Manutenção Piscinas - Sanitop

Problemas mais frequentes, causas e soluções.

Causa possível: Filtração pobre, pH alto, excesso de resíduos orgânicos na água, quantidade de desinfetante insuficiente ou dureza elevada.
Solução: Limpar/lavar o filtro e deixar a funcionar durante 2 dias. Regular o valor pH a 7,0/7,4, adicionar o desinfetante e colocar nos skimmers floculante (1l por cada 100m3 de água). Caso não resulte executar um tratamento de choque.
Tratamento de choque: Adicionar cloro de dissolução rápida Dicloro (granulado ou em pastilha) até que o valor de cloro livre seja de 5 mg/l, no mínimo. Valor recomendado = 10mg/l. Utilizar a piscina apenas, quando o valor for de 3mg/l.

Causa possível: Formação de algas, alcalinidade baixa (verde esmeralda),quantidade de algicida insuficiente na água ou excessiva quantidade de nutrientes (fosfatos) para as algas na água.
Solução: Limpar/lavar por contra corrente o filtro e eliminar as algas. Por escovagem, seguidamente regular o valor do pH a 7,2 – 7,6 e efetue um tratamento de choque. Colocar floculante no skimmer e deixar filtrar durante 2 dias. Seguidamente, adicionar uma quantidade adicional dupla de algicida na água.

Causa possível: Excesso de iões metálicos na água, que ficam coloridos ao adiccionar o desinfetante, ou presença de ferro e magnésio, principalmente quando a água é de poço.
Solução: Ajuste o pH entre 7,2 e 7,6. Adicione 15 gr Inpool Dicloro por cada m3 de água. Em seguida, adicione 1l de Inpool Floculante por cada 100m3 de água, pare o filtro e deixe que se deposite tudo no fundo da piscina, no dia seguinte passe o limpa fundos e recolha todos os sedimentos.

Causa possível: Corrosão nas partes metálicas, devido a valores de pH muito baixos.
Solução: Ajuste o pH entre 7,2 e 7,6. Efectuar um tratamento de choque, adicionando 15 g Inpool Dicloro por cada m3 de água. Deixe o filtro a funcionar durante cerca de 3 dias e coloque uma pastilha de 100 gr Inpool Floculante pastilha no skimmer.

Causa possível: Excesso de iões metálicos na água, que ficam coloridos ao adicionar o desinfetante, ou presença de ferro e magnésio, principalmente quando a água é de poço.
Solução: Remover as manchas com Inpool Desincrustante líquido.

Causa possível: Precipitação de sais calcários. A água muito mineralizada e com valor de pH alto, origina o aparecimento de calcário.
Solução: Inicialmente, realize uma floculação na água da piscina com Inpool Floculante. Pare o sistema de filtração e deixe depositar todos os resíduos minerais no fundo da piscina. No dia seguinte efetue a limpeza do fundo da piscina. Ajuste o pH com o Inpool Minorador de pH ou o Inpool Incrementador de pH+ entre 7,2 e 7,6. Como precaução, adicione Inpool Desincrustante liquido no início da temporada, evitando assim as inscrustações calcárias nos equipamentos e no circuito hidráulico.

Causa possível: Valor do pH desajustado ou residual de cloro livre insuficiente ou acima dos valores recomendados.
Solução: Analise o pH e, caso necessário, ajuste-o com o Inpool Minorador de pH ou o Inpool Incrementador de pH+ entre 7,2 e 7,6. Meça o residual de desinfetante existente na água e adiccione mais desinfetante de acordo com a necessidade ou neutralize em caso de excesso.

Causa possível: Excesso de resíduos orgânicos.
Solução: Realize uma coloração com 15g de Inpool Dicloro por cada m3 de água.

Causa possível: Presença de cloro combinado (clorominas) em excesso e que provoca o cheiro característico a cloro.
Solução: Analise o pH e, caso necessário, ajuste-o com o Inpool Minorador de pH ou o Inpool Incrementador de pH+ entre 7,2 e 7,6. Meça o residual de cloro livre existente na água e adicione mais cloro de acordo com a necessidade ou realize uma cloração de choque.


Manual de manutenção para a sua piscina - Inpool

PISCINAS

Manual de manutenção para a sua piscina.

Download do Manual

Os Indispensáveis

O minorador de pH é um produto básico, utilizado antes de realizar qualquer tratamento na piscina.O desinfetante não promoverá a sua ação se o pH não estiver estável (entre 7,2 e 7,6). Os sintomas de um pH alto da água são: água turva, irritação das mucosas, destruição da camada protectora da pele e formação de incrustações calcárias.

De acordo com a zona geográfica em que a piscina esteja instalada, a água pode tender a apresentar um pH baixo que deverá ser normalizado com incrementador de pH. Um pH baixo da água pode produzir irritação das mucosas, corrosão nos metais, deterioração do tanque e utilização excessiva e desnecessária de desinfetante.

Mesmo que utilize um bom desinfetante, existem partículas a flutuar na água que podem ser tão pequenas que os filtros não são capazes de as reter. O floculante aglutina-as para que possam ser retidas pelos filtros. O resultado é uma água cristalina.

Trata-se de um cloro rápido ou de choque que serve para recuperar a água quando o utilizador se descuidou do seu tratamento, após uma grande afluência de banhistas ou uma chuvada forte. É bom tê-lo sempre à mão para qualquer emergência e em momentos pontuais.

Trata-se de um cloro lento ou cloro de manutenção que é essencial para o tratamento continuo da piscina em qualquer dos seus formatos, embora o formato em pastilhas seja a forma mais simples de obter uma perfeita dosagem. A pastilha é introduzida no skimmer e, pouco a pouco, liberta o seu poder desinfetante.

Bromo é um poderoso desinfetante, alternativo ao cloro mas, ao contrário deste, possui uma grande tolerância ao aumento da temperatura e às variações de pH, sendo ideal para piscinas cobertas, piscinas com bombas de calor ou spas.

Triplex multiação, oferece, num único produto, uma ação desinfetante, floculante e anti-algas. É perfeito em momentos pontuais para facilitar a manutenção da piscina. O modo ideal de o utilizar é combina-lo com o cloro quando não se tem muito tempo.

Este anti-algas previne o aparecimento de colorações esverdeadas e de depósitos na piscina. Quanto mais tempo se demora a tratar as algas, mais difícil fica eliminá-las. Portanto, recomenda-se adicionar semanalmente a dose apropriada e todas as vezes que se forneça água nova à piscina.

Com o invernador a água da piscina consegue-se manter em perfeitas condições até três temporadas. O tratamento deve realizar-se duas vezes por ano e serve para que, uma vez terminado o Inverno, a água possa ser facilmente recuperada.


Produtos Químicos
Filtros
Aspiradores Automáticos
Bombas Calor Piscinas
Regulação e Dosagem